O Conceito

O Projeto | O Conceito | Cultura Digital | Programa Cultura Viva | Atividades Desenvolvidas | Equipe

 

A visibilidade da diversidade é uma demanda histórica  do setor cultural. Em um país cujo mercado de comunicação é dominado por  poucas redes privadas concentradas no eixo Rio – São Paulo. O Pontão Ganseha se apresenta como uma proposta de integração, capacitação e visibilidade aos Pontos de Cultura e qualquer produtor cultural ou coletivo que necessitar dos recursos do projeto.

A SIMBOLOGIA

Crédito: Wikipédia

Ganesha é uma entidade hindu que representação das soluções lógicas e da quebra de obstáculos. Seu corpo é humano com uma cabeça de um elefante, sendo que uma de suas presas está quebrada. Segundo o poema épico Mahabharata, o motivo desta presa estar quebrada é porque um sábio pediu para Ganesha transcrever um poema enquanto ele o ditava. Ganesha concordou, mas somente na condição de que o sábio recitasse o poema sem interrupções. O sábio, por sua vez, disse que Ganesha não teria somente que escrever, mas também entender tudo o que ele escutasse antes de escrever. 

Com a pressa para escrever, Ganesha quebrou sua caneta, sem outra disponível para substituir. Só lhe restou quebrar uma de suas próprias presas e usa-la como caneta.

O gesto de doação de Ganesha, que tirou uma parte de si mesmo para registrar uma manifestação artística, foi a inspiração necessária para batizar o projeto de Pontão Digital, uma iniciativa que visa auxiliar  através da Cultura Digital os agentes culturais  e movimentos sociais (que, como Ganesha, muitas vezes tiram de si próprios os recursos para manterem seus projetos) a ultrapassarem um grande obstáculo: o da comunicação.